Sexta-feira, 11 de Maio de 2012

Em tempos de contenção também existem excessos

Tinha o dia programado e o trabalho dividido, havia uma série de coisas a fazer antes de amanhã, para que o trabalho de amanhã possa render mas em vez de fazer o que queria, passei quase toda a tarde a ouvir. Ouvir pessoas conhecidas (nem familiares nem amigas) a falar sobre si mesmas e os seus problemas.

Não foi uma conversa, não havia qualquer interesse em ter o meu retorno naquilo que diziam, foi o "despejar". Não queriam conselhos, não queriam uma palmadinha nas costas, nada, apenas que ouvissem. A isto chama-se solidão. Não há com quem conversar, estão todos muito ocupados para ouvir, embrenhados no seu próprio fado, a resolver as suas mazelas, e eu, que sou paga para isso, sorri e perguntei se podia ajudar, então aproveitaram. Apesar do objecto da minha profissão não ter absolutamente nada a ver...

tags:
publicado por trocatintas às 17:26
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 64 seguidores

.pesquisar

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Em tempos de contenção ta...

. Árvore de Natal diferente

. Presente original

. Ver televisão pode ser pr...

. Terça-feira - Dia de pass...

. (Re)Início

. Ainda do Natal, feito à m...

. ...

. Fazer o Natal acontecer (...

. Inspiração (low cost)

.arquivos

. Maio 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds